sábado, 17 de janeiro de 2009

continuaçao da 8ª pena caida

Novamente meu ar faltou,odiava quando isso ocorria. - Quem é você?- gaguejei. - Fará alguma diferença? - Claro que fará...não sei quem você é...então não podias estar aqui tambem... - Você por acaso sabe quem você é?! - Sou Laura. - Eu nao perguntei seu nome, eu perguntei quem você é. - ... - Sei que é dificil,mas confia em mim.Se eu fosse perigoso você nao acha que eu teria te atacado da outra vez...ou até mesmo agora enquanto você estava de olhos fechados? - Como você entrou? - Pelo espelho. Agora sim eu vi que ele era um psicopata, então precisava urgentemente chamar a polícia. - Não sou um louco.Confia em mim, por favor Laura. Como eu poderia confiar nele?Eu nem sei de nada, me sinto confusa.Mas algo dentro de mim, me dizia que ele estava sendo sincero, que aquilo não era mentira...mas como?Nao pode ser, minha realidade nao permitia isso. OLhei bem em seus olhos, percebi desta vez que eles eram amendoados e possuiam pequenos traços ao redor de uma outra cor, eram olhos belíssimos. Acreditei nele e cessei minhas perguntas para que assim ele pudesse me explicar tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário